Hi-Media com projecto inovador

Por a 7 de Dezembro de 2000

Presente em Portugal há pouco mais de um mês, a Hi-Media tem já vários clientes no seu portfólio. É o resultado da aposta num novo tipo de abordagem

Apostar numa nova abordagem, baseada na representação temática, é o objectivo da Hi-Media, agência de meios online que desde finais de Outubro actua em Portugal. Tendo em conta as necessidades dos clientes nacionais, a empresa disponibiliza serviços em duas áreas distintas. A primeira, que a Hi-Media define como Oferta Premium, agrupa os sites líderes de mercado e baseia-se na comercialização do espaço em função dos objectivos de marketing. Por outro lado, a Oferta Temática privilegia a lógica do canal temático, no qual o anunciante escolhe estar presente num conjunto de sites com uma abordagem comum e um target semelhante.

Os suportes publicitários disponibilizados pela Hi-Media incluem campanhas clássicas, sob a forma de banners e botões, marketing directo via e-mail, publi-reportagem, espaço próprio numa página, decoração da página com as cores ou logotipo do anunciante e animações “out of the box”. A empresa define-se como uma agência completa, uma vez que os serviços disponibilizados incluem a gestão técnica da colocação de publicidade, a venda de espaço publicitário, a optimização das taxas de cliques, a análise dos dados estatísticos e a medição das audiências.

Apesar de operar em Portugal há pouco tempo, a Hi-Media tem já como clientes os sites Bizdirect, CasaGlobal, CrediGlobal, Jurídico-on-Line, Net Menu e Portaldemoda, estando previsto para breve o anúncio de três novos clientes.

Fundada em França, em 1996, a expansão da Hi-Media só foi possível depois de a agência ter conseguido dois aumentos de capital, primeiro pelo Groupe Dassault e, já em Março deste ano, em resultado da entrada das empresas JP Morgan International Corporation e Gazeo. Assim, a entrada da empresa noutros países da Europa, entre os quais Portugal, Espanha e Itália, tornou-se quase obrigatória. De tal modo que a Hi-Media apostou igualmente na sua expansão para fora da Europa, nomeadamente no Quebeque/Canadá.

Deixe aqui o seu comentário