«A Adidas tem de ser uma empresa de marketing»

Por a 7 de Dezembro de 2000

Paulo Santos Director de Marketing da Adidas Portugal

Paulo Santos é o director de marketing da Adidas Portugal, empresa que passa a apostar numa nova estratégia de comunicação e promoção da marca e produtos. A empresa vai, no entanto, continuar a trabalhar com a agência de publicidade espanhola SCPF, responsável por toda a publicidade da Adidas em Portugal.

Em que se baseia a nova estratégia de comunicação e marketing da Adidas? Numa filosofia distinta de abordagem do mercado. A Adidas sempre teve os melhores produtos e os melhores símbolos. É a marca com maior e melhor historial no mercado desportivo, é reconhecida facilmente por qualquer consumidor em qualquer ponto do mundo, mas retardou o investimento em comunicar. Numa aldeia global como é aquela em que hoje vivemos, em que o consumidor é diariamente bombardeado com mensagens publicitárias, quem não comunica arrisca-se a cair um pouco no esquecimento ou a deixar que o consumidor acredite nas potencialidades de outras marcas — cuja qualidade dos produtos é claramente inferior á nossa —, só porque investem fortemente em comunicar uma “realidade” virtual. Deste modo, chegámos á conclusão de que, antes de tudo o mais, a Adidas tem de ser uma empresa de marketing, utilizando o marketing não como um departamento mas como uma filosofia de trabalho e de gestão.

O desenvolvimento de estratégias de comunicação locais vai ser objecto de estudo? Sim, sem dúvida. A par da implementação da estratégia global da marca, localmente iremos utilizar os nossos “assets”, quer atletas e clubes, quer eventos, utilizando ferramentas de promoção e comunicação.

E a publicidade? Passará a ser desenvolvida em Portugal? Não. Manteremos a colaboração com uma agência criativa espanhola, a SCPF em Barcelona, que aliás é uma das nossas agências de alinhamento internacional e que já colaborou connosco na última campanha “Benfica” e desenvolveu o anúncio táctico do Nuno Gomes a seguir ao Europeu de Futebol.

Porquê esta mudança agora? O mercado assim o obriga. A velocidade de transformação dos nossos hábitos enquanto consumidores é impressionante. Em Março deste ano passámos a ser uma subsidiária a 100% da multinacional Adidas-Salomon AG e enveredámos pela seguimento integral da filosofia internacional, complementando com uma filosofia própria de acção, ao invés da filosofia de reacção.

Que objectivos pretendem alcançar? O nosso objectivo é claro: manter a posição de liderança de mercado e aumentar a nossa quota em Portugal.

Deixe aqui o seu comentário