Herman José é a nova cara da Mercedes

Por a 10 de Novembro de 2000

Na próxima semana o grande público vai conhecer a nova campanha promocional da Mercedes para o modelo Classe A. Mais uma vez, a marca automóvel aposta na utilização de figuras públicas

Herman José é o protagonista da próxima campanha publicitária da Mercedes para o modelo Classe A. Depois de Joaquim de Almeida, em 1998, com o filme “Géneros”, e de Helena Laureano, no princípio deste ano, com o spot “Ténis”, a marca alemã vai associar, em 2000/2001, a imagem do Classe A ao humorista de maior notoriedade em Portugal. A criatividade tem a assinatura da Z.Publicidade, agência que trabalha a conta nacional da Mercedes desde 1993, data da sua fundação.

Herman só esteve um dia

A vila de Monção, em particular o Palácio da Brejoeira, foi o cenário escolhido para as filmagens. Durante dois dias, de chuva intensa, a equipa da Z.Publicidade e da produtora Ministério dos Filmes deram forma ao spot televisivo que será divulgado ao grande público durante a próxima semana. Tendo em conta a região do país, conhecida pelo frio, humidade e sobretudo pela precipitação, a equipa já contava com algumas dificuldades logísticas, mas, mesmo assim, entre limpezas e horas de espera, as filmagens decorreram dentro da normalidade possível. Só no primeiro dia de filmagens, que tiveram início ás cinco da manhã, a equipa, de 50 elementos, contou com a presença de Herman José e dos restantes figurantes.

Lado cor-de-rosa da vida

Nelson Sinem (director criativo e de arte) e Frederico Roquete (copywriter) formam a dupla responsável pela criatividade da campanha. Para Nelson Sinem, director criativo da Z.Publicidade, este filme estabelece uma perfeita analogia entre Herman José e o Classe A, «não só pela sua popularidade, mas por ser a figura pública nacional que mais se identifica com o espírito do modelo, que se baseia no divertimento e na satisfação de conduzir.» Tendo em conta estas duas facetas do “verdadeiro artista”, a agência desenvolveu um guião que pretende mostrar o lado cor-de-rosa da vida. «O nosso objectivo foi o de mostrar o Herman na sua pele, um homem bem sucedido e cheio de requinte, mas a quem faz falta algo de diferente», afirma Nelson Sinem, acrescentando que a história se baseia numa situação da vida quotidiana: «Um homem de sucesso sai de casa, entra no seu carro com motorista, olha em redor da sua propriedade, depara-se com o modelo Classe A e desperta para uma nova forma de conduzir, mais “fun”.»

Nova estratégia de comunicação

A utilização da imagem de Herman José vai ao encontro de uma nova dimensão da estratégia de comunicação da Mercedes. De acordo com Pedro Névoa, director de marketing da Mercedes-Benz Portugal, a campanha alcança algumas metas da estratégia de marketing da marca alemã, que pretende atingir um público que encara a vida com outro espírito — «pessoas que apreciam os valores de conforto e segurança, mas que precisam de algo mais dinâmico e irreverente», explica o responsável.

Pedro Névoa escusa-se a adiantar o investimento envolvido nesta acção especifica, mas afirma que, «em termos nacionais, o modelo Classe A é o que terá este ano o maior investimento publicitário». O responsável acrescenta que a médio prazo serão desenvolvidas outras iniciativas que envolvam a figura de Herman José, que não irão passar por campanhas publicitárias mas sim por acções de campo.

Deixe aqui o seu comentário