Comunicação é cultura

Por a 6 de Outubro de 2000

Maria João Villas-Boas Directora de comunicação da Diebold portugal para a região EMEA

Maria João Villas-Boas assumiu recentemente a responsabilidade pela comunicação da Diebold Portugal para a região EMEA (Europa, Médio Oriente e África). A empresa americana com tradição no sector do self- -service financeiro, especializada em ATM’s (Automatic Teller Machines) — máquinas multibanco — opera na Europa há alguns anos, tem cerca de 10 mil trabalhadores e é a segunda ao nível mundial neste sector.

O novo cargo que Maria João Villas-Boas vai desempenhar é resultado do reforço da presença da Diebold na Europa e uma aposta nesta profissional, que tem feito toda a comunicação interna e externa da empresa em Portugal desde 1985, ainda o negócio pertencia á conhecida empresa Olivetti. «Depois de várias mudanças de nome, a empresa manteve os seus colaboradores quase todos e encontrou finalmente um pai e uma mãe», confessa a responsável pela comunicação da empresa.

Maria João Villas-Boas fez o curso de Secretariado no ISLA (Instituto Superior de Línguas e Administração), passou por uma corretora de seguros, a Stewart Wrightson, e foi secretária do Comissariado-Geral da XVII Exposição Europeia de Arte, Ciência e Cultura que se realizou em 1984. Este último trabalho foi o que mais a fascinou. Com apenas 24 anos teve contacto directo com pessoas do mundo cultural português, facto que, por ser tão nova, não lhe permitiiu tirar todo o partido da experiência.

Assim que acaba a exposição, Maria João Villas-Boas faz trabalhos temporários para a Olivetti, um deles relacionado com um patrocínio á Fórmula 1, que então recomeçava em Portugal. Destacou-se pela postura, e um administrador italiano presente no acontecimento propõe-lhe ficar na Olivetti para «dare una mano». Maria João Villas-Boas aceita e surge assim o departamento de relações públicas, em 1985. Acompanha todas as fases da empresa: primeiro como Olivetti Portuguesa, uma subisdiária do grupo Olivetti; depois, em 1997, com a constituição da Olsy — Olivetti Solutions, como resultado da automatização da Divisão de Sistemas e Serviços da Olivetti; e, mais tarde, com a representação da Wang Global em 1998 e a Getronics em 1999, através de sucessivas fusões e aquisições. Um período que acaba com a transferência do negócio para a Diebold Portugal.

Com todas estas mudanças, Maria João Villas-Boas mantém-se á frente do departamento de comunicação sempre com a convicção de que a cultura de uma empresa é aquilo que une os trabalhadores e que os faz trabalhar melhor. Foi nesse sentido que se empenhou e é também nessa direcção que pretende continuar.

Por enquanto ficam adiados um projecto de licenciatura, o mestrado em Comunicação e uma vontade de dar aulas para transmitir os conhecimentos que adquiriu ao longo dos 14 anos de actividade.

Deixe aqui o seu comentário