Nitrogenium produz Agenda

Por a 28 de Julho de 2000

A Câmara Municipal de Lisboa vai lançar no final do ano a Agenda da Juventude 2001. O projecto está a ser desenvolvido pela Nitrogenium

A Nitrogenium, Design e Publicidade foi a agência vencedora do concurso levado a cabo pelo pelouro da Juventude, da Câmara Municipal de Lisboa (CML), para a produção da edição de 2001 da Agenda da Juventude. Entre todas as agências a concurso, o projecto apresentado pela Nitrogenium reuniu as preferências da edilidade lisboeta. Para tal muito contribuiu o Bufi, uma personagem de banda desenhada criada especialmente para esta edição e que pretende fazer a ligação entre as várias secções da agenda. Segundo Tiago Patrão, responsável pelo desenvolvimento deste projecto, «o Bufi dá uma grande interactividade á agenda. Surge sempre em histórias muito activas e que, mesmo sem se utilizar legendas, faz a ligação entre os meses através de aventuras relacionadas com as diferentes épocas do ano». Por outro lado, e para manter a agenda atractiva, foram concebidos «desenhos diferentes relacionados com dias especiais, como o Dia de São Valentim, assim como com projectos empreendidos pela Câmara para os mais jovens», salienta o responsável pelo projecto. Com 180 páginas e uma tiragem que deverá rondar 30 mil exemplares (valores de 1999), a Agenda da Juventude de 2001 contém informação tão diversa quanto os contactos dos pelouros da juventude e do desporto, serviços na cidade lisboeta, nomeadamente nas áreas da saúde e ensino, e dados referentes á legislação que possam interessar aos mais novos. A Agenda da Juventude está já em fase de produção, faltando apenas «a introdução de pequenos pormenores», garante Tiago Patrão. Dezembro é o mês previsto para o lançamento da agenda, que será distribuída gratuitamente em escolas e em diversos espaços da CML destinados á juventude. Para essa data está prevista uma campanha de divulgação da edição de 2001. A Nitrogenium será a agência responsável pelo desenvolvimento da campanha, que deverá basear-se em suportes de rua. A dúvida reside no facto de se utilizarem mupis ou cartazes.

Deixe aqui o seu comentário