Perguntas a…

Por a 16 de Junho de 2000

Cláudia Cariano Directora executiva da grey interactive «Queremos assumir o papel de parceiros»

A Grey Interactive, divisão especializada em marketing interactivo da Grey Lisboa, tem um novo elemento. Cláudia Cariano, a nova directora executiva, promete alterações profundas, apesar de estar há pouco tempo na empresa. E o seu currículo é quase uma garantia de sucesso. Licenciada em Gestão de Empresas pelo Instituto Superior de Economia e em Gestão pela Universidade Técnica de Lisboa, Cláudia Cariano foi directora de marketing na Mediafin, empresa proprietária dos títulos “Jornal de Negócios” e “Canal de Negócios”, directora executiva do portal www.vida.pt e directora de marketing da Interconteúdos, proprietária do www.netjobs.pt. Em que consiste, concretamente, o marketing interactivo? O marketing interactivo é uma forma de comunicação que estreita a relação entre o cliente e o consumidor final (B2C) e entre o cliente e os parceiros de negócio (B2B), exigindo de ambas as partes uma maior responsabilização. Pretendemos gerir os recursos humanos, tecnológicos e criativos á nossa disposição na Grey, baseados e apoiados por toda a network Grey Interactive, e aproximar os clientes desta nova realidade, criando condições para uma presença online efectiva e consolidada. Tendo em conta a sua experiência nesta áreas, que estratégias vai implementar? O desenvolvimento da Grey Interactive, através da absorção do know-how de toda a network, de forma a criar mais-valias para o cliente baseadas nas experiências (desenvolvimento e implementação de soluções) de mercados com maior maturidade. Em relação aos clientes, queremos assumir um papel de parceiros para esta área, posicionando-nos como consultores na definição de uma estratégia online, integrada na estratégia global de comunicação. Quais os objectivos que a agência se propõe atingir? Uma presença no mercado nacional tão forte e significativa como a que a network Grey Interactive tem nos mercados onde actua, ou seja, ser uma referência ao nível nacional. Que trabalhos está ou vai desenvolver? Estamos preocupados prioritariamente em absorver todo o know- -how da network para que possamos, em pouco tempo, fazer uma transferência de mais-valias para todos os nossos clientes e potenciais clientes. Estamos neste momento a trabalhar o site institucional da Grey Lisboa, a dar continuidade a projectos já existentes, como é o caso da CIN (www.cin.pt), e a trabalhar soluções para clientes da Grey Lisboa. Com que clientes irá trabalhar? Potencialmente com todos aqueles que necessitam de soluções vanguardistas na área da comunicação interactiva, dando obviamente prioridade a todos os clientes Grey Lisboa e Grey Global Group que queiram contar com uma experiência de referência internacional para esta área.

Deixe aqui o seu comentário