AEI com Action Images

Por a 14 de Abril de 2000

No âmbito de um acordo estabelecido com a Action Images, a AEI está já a disponibilizar ao mercado editorial imagens de antevisão do Euro 2000

A Agência Europeia de Imprensa (AEI) acaba de estabelecer um acordo de cooperação com a Action Images, a maior agência fotográfica do mundo na área do futebol. No âmbito daquele acordo, a AEI está já a colocar á disposição dos meios editoriais nacionais uma colecção de imagens de antevisão do Euro 2000. Trata-se de um arquivo com 2 mil slides – todos devidamente legendados – ou imagens digitalizadas em alta resolução e distribuídas em CD. Um arquivo onde podem encontrar-se variadas fotos individuais e imagens de jogadas das 16 equipas participantes no Euro 2000. O espólio integra ainda fotos de encontros amigáveis de preparação, de treinadores, árbitros e funcionários, dos estádios e dos cenários do Euro 2000, bem como imagens de adeptos e material de arquivo. A AEI e o Action Images garantem aos clientes compradores deste arquivo a possibilidade de acesso online e de pesquisa e encomenda directa. Os clientes que comprarem a totalidade do arquivo poderão assim ter acesso ás imagens online, que irão entrar directamente na internet antes, durante e depois dos jogos. Destinadas ao mercado editorial – para ilustração de notícias, suplementos e edições especiais sobre o Euro 2000 -, as imagens da Action Images estão já a ser disponibilizadas ao mercado através da AEI. O acordo «abrange Portugal e Espanha, pelo que a AEI está também a comercializar este arquivo no país vizinho», explica Alexandre Cordeiro, administrador da AEI. «Trata-se de uma forma nova de distribuir informação fotográfica de qualidade aos jornais e revistas», acrescenta. «Avaliada, a valores de mercado – se todas as fotos fossem compradas para utilização – entre 18 e 25 mil contos, a colecção dos 2 mil slides está a ser vendida a partir de 960 contos», refere o responsável pela AEI. Ainda assim, «uma editora que use mais de 77 fotos já pagou o valor da compra», acrescenta Alexandre Cordeiro, para quem este espólio poderá também interessar aos canais de televisão e a outros suportes multimedia.

Deixe aqui o seu comentário