SIC: as estreias do mês de Março

Por a 10 de Março de 2000

Em Março, a SIC exibe o terceiro telefilme português, acompanha o Rali de Portugal e estreia filmes de sucesso

Passado o Carnaval, em que a SIC deu particular relevo ás festas do Rio de Janeiro, Baía e Alcobaça, é tempo de assistir ás novas estreias do canal de Carnaxide. Assim, na próxima terça-feira a SIC transmite o terceiro telefilme português, intitulado “Facas e Anjos”. Uma história verídica, que passou pelo programa “Ponto de Encontro”, em que um jovem mal-amado encontra no circo Cardinali a vida em família que o pai lhe negou. Realizado por Eduardo Guedes, o filme conta com a participação dos actores Carla Bolito, Miguel Moreira, José Mora Ramos, Rodrigo Névoa, Raul Solnado e Ana Bustorff. Segue-se a transmissão do Rali de Portugal, de 15 a 19 de Março, nas estradas e no pequeno ecrã. Março é também o mês que marca a estreia de “Esplendor”, a nova produção da TV Globo. A novela das 19 horas vai para o ar no dia 27 e recria o Brasil dos anos 50. Entre os filmes do mês, destaque para a emissão de “Michael Collins”, no dia 26, filme escrito e realizado por Neil Jordan. Uma película épica protagonizada por Liam Neeson no papel do líder político Michael Collins, um dos fundadores da República da Irlanda. Na rubrica “Noite de Estreia”, o destaque vai para a exibição, no dia 16, de “Larry Flint”, de Milos Forman. Um relato da grande batalha que Larry Flint, fundador da revista pornográfica “Hustler”, travou na década de 70 nos tribunais em nome da liberdade de expressão. As “Noites Longas” da SIC ficam este mês marcadas pela exibição de “Jogos de Espionagem”, uma série da BBC que vai para o ar no dia 29 das 2:00 ás 5:20 horas. “Jogos de Espionagem” mostra os planos globais de subversão das agências ocidentais e dos serviços de espionagem de Leste. Março termina e a SIC entra no dia 1 de Abril com a transmissão do grande derby Benfica/Porto. Lucros SIC O relatório e contas de 1999, apresentado em assembleia-geral pelo canal de Carnaxide, mostra que a estação obteve, antes de impostos, resultados que rondam 6,3 milhões de contos. Em relação ao ano passado, estes valores representam um aumento na ordem de um milhão de contos. Em termos de lucros, os dados apresentados apontam para valores superiores a 3,9 milhões de contos. No que respeita ao volume bruto de negócios, o valor apresentado ultrapassou 40 milhões de contos, traduzindo-se assim num crescimento de 11,8%. Em relação á publicidade, a estação registou um investimento correspondente a 53,5% do investimento total em televisão. Os dados Sabatina referem que, no final de 1999, as receitas publicitárias do canal rondaram 75,6 milhões de contos.

Deixe aqui o seu comentário