Eurosport vs. TV Cabo

Por a 10 de Março de 2000

Em dois anos, o canal desportivo cresceu 100% em Portugal. A TV Cabo pretende quebrar esse ritmo. Decisões finais devem ser conhecidas durante a próxima semana

A permanência do canal de desporto Eurosport no pacote de canais da TV Cabo continua em análise. O contrato entre ambas as partes termina no final do mês e, até lá, terá de haver um entendimento. No início das renegociações, a TV Cabo avançou com uma proposta que reduzia para metade o valor do contrato anterior (e ainda em vigor). A Eurosport não concordou e ainda na passada segunda-feira enviou representantes seus de Paris a Lisboa para apresentarem a mais recente proposta. Esta está neste momento em análise e, segundo o administrador da TV Cabo, José Vilaça, deverá resultar numa conclusão durante a próxima semana. De acordo com este responsável, o Eurosport aumentou, entre 1997 e 1999, as receitas provenientes da TV Cabo em 100%. Isto porque, tal como os outros canais, os preços estavam indexados ao número de clientes. «Estávamos, então, numa situação mais difícil, tínhamos menos clientes e aceitámos condições que de outro modo não aceitaríamos», explica José Vilaça. Devido a esta situação, os contratos com todos os demais canais transmitidos pela TV Cabo foram, segundo este responsável, renegociados. «Foi muito fácil com os outros», conclui José Vilaça. Quanto á notícia avançada pelo “Diário Económico” de que um canal desportivo sobre actividades extra-futebolísticas poderia substituir o Eurosport, José Vilaça afirma que não faria sentido. Segundo a notícia avançada pelo diário, a RTP (uma das accionistas do canal Eurosport) seria a fornecedora de conteúdos desportivos e a TV Cabo a difusora. Sobre o assunto, José Vilaça acrescenta ainda que a RTP «nem teria condições para o fazer».

Deixe aqui o seu comentário