TSF redescobre o Brasil

Por a 7 de Janeiro de 2000

A estação prepara longas horas de emissões especiais sobre o Brasil. Para assinalar os 500 anos das descobertas portuguesas

A nova maratona da TSF arranca no próximo dia 15, sábado. Durante quatro meses, a estação vai retratar aquilo que foram os últimos 500 anos no Brasil. Tal como aconteceu por ocasião do referendo em Timor Loro Sae, a TSF vai ocupar praticamente todas as horas de emissão com este assunto, embora, desta vez, haja espaço para publicidade e para outros temas da actualidade. No terreno vão estar três repórteres, repartidos pelas grandes cidades e por pontos estratégicos como Fortaleza e Porto Alegre. Por cá, o projecto conta com a intervenção da redacção da TSF e com convidados que poderão ser especialistas ligados aos assuntos em questão e brasileiros que estejam em Portugal. A ideia, como explica o coordenador da iniciativa, Paulo Alves, é dar conta não só do momento da chegada dos portugueses ao Brasil e da marcação do território, mas também de tudo o que se tem passado nos 400 anos que são relativamente «incógnitos». Para tal, este «muito ambicioso projecto», como classifica o jornalista, inclui a eleição dos principais momentos históricos (que será transmitida em jeito de abecedário), a exploração das várias especificidades da língua brasileira e dos patrimónios religioso e musical. Tudo temperado com um toque de curiosidades q.b. Por exemplo, quando se abordar a forma como os portugueses se prepararam para a viagem, poderá haver a intervenção de um especialista que explique essa arte ou um tecelão que dê conta da forma como se faziam as velas das naus.

Deixe aqui o seu comentário