Nuno Santos substitui Susana de Carvalho como CEO da Wunderman Thompson

Por a 10 de Setembro de 2019

pjimageSusana de Carvalho, à frente da agência do grupo WPP há duas décadas, deixa a direcção da agora Wunderman Thompson, passando a CEO Nuno Santos, que chega da empresa de apoio a investimentos Accelerate Growth, com sede em Londres. A nomeação, com efeitos imediatos, foi comunicada ao mercado esta terça-feira, numa nota onde se refere que o profissional “será responsável pela implementação da visão estratégica da agência, pela sua direcção e crescimento, excelência criativa, inovação e tecnologia”.

“Estamos num ponto de inflexão, na maneira como as marcas se comportam no mundo e no papel que as agências podem desempenhar para impulsionar essa evolução combinando excelência criativa, dados e tecnologia. É emocionante poder trabalhar com uma equipa como a da Wunderman Thompson, que tem profundidade e escala para ajudar as marcas a crescer”, afirma o profissional, que, no seu percurso, conta com passagens pela Ogilvy, onde foi director de crescimento para a a região EMEA, além de ter desempenhado funções como director global de clientes para a Iconmobile e liderado a implementação da AKQA na América Latina.

“Entrego simbolicamente o bastão desta corrida de estafetas ao Nuno Santos, fechando um longo ciclo da agência e desejando-lhe tudo de bom nesta nova etapa. Foram quase três décadas, 20 à frente da empresa”, refere Susana de Carvalho, até agora CEO da Wunderman Thompson. A profissional, que passará a chairman da agência, adianta que ficará “a apoiar o Nuno nesta fase de transição e de transformação no que ele necessitar, com o conhecimento e experiência que tenho das pessoas, dos clientes e do mercado”.

“Ao mesmo tempo, vou abrandar o ritmo frenético do dia a dia intenso da vida de uma agência para me focar verdadeiramente na sustentabilidade – numa corrida paralela que é a do planeta, com ‘o alto patrocínio dos Objectivos do Desenvolvimento Sustentável’ para a década 20-30. Será a minha última corrida e só espero chegar ao fim, tendo contribuído de uma ínfima forma com um impacto positivo no mundo”, conclui.

Deixe aqui o seu comentário