NOS é a marca que conseguiu até agora maior retorno mediático nos festivais. Vale 21 milhões

Por a 6 de Agosto de 2019

NOS AliveO NOS Alive foi o festival que gerou maior número de notícias entre Janeiro e Julho deste ano nos media portugueses, segundo dados recolhidos pela MediaMonitor, do grupo Marktest. O festival organizado pela Everything is New deu origem a 3.364 notícias nos primeiros sete meses de 2019, superando assim as 2.081 notícias do Super Bock Super Rock e as 1.770 notícias geradas pelo NOS Primaveira Sound. O top 5 de festivais com mais referências nos media ficou completo com o Meo Marés Vivas (1.119 notícias) e com o Rock in Rio (1.016).
Calculado com base na correspondência entre o espaço mediático ocupado em cada meio e a respetiva tabela de publicidade em vigor, o retorno financeiro do NOS Alive ascendeu a 18,9 milhões de euros nos primeiros sete meses de 2019. O Super Bock Super Rock, da Música no Coração, teve um retorno financeiro de 12,6 milhões de euros e o NOS Primavera Sound, organizado pela Ritmos, gerou um retorno de 10,9 milhões de euros.
No que respeita às marcas com maior retorno financeiro resultante da sua exposição mediática associada aos festivais, de acordo com os dados da MediaMonitor a operadora NOS, que dá nome ao Alive e ao Primavera Sound, lidera com um retorno estimado em mais de 21 milhões de euros. O top 5 de marcas com maior retorno financeiro pelas suas estratégias de patrocínio a festivais são a Super Bock (12,6 milhões de euros), a EDP (6,6 milhões de euros), a RFM (5,1 milhões de euros) e a Meo (4,5 milhões de euros).

Deixe aqui o seu comentário