Análise de perfil: Quem lê jornais e revistas em Portugal?

Por a 14 de Agosto de 2019

jornaisO estudo Bareme Imprensa da Marktest quantifica, na primeira vaga de 2019, em 2 milhões e 582 mil portugueses que leram a última edição de um jornal e em 3 milhões e 314 mil que leram a última edição de uma revista. De acordo com a Marktest, estes valores correspondem, respectivamente, a 30,2 por cento e a 38,7 por cento dos residentes no Continente com 15 e mais anos.
Os homens, os indivíduos entre 25 e 54 anos, assim como os quadros médios e superiores e os pertencentes à classe média alta são quem apresenta consumos de jornais acima da média do universo, revelando assim mais afinidade com estes títulos (afinidade acima de 100 por cento).
Já no caso das revistas, registamos mais afinidade entre as mulheres, os indivíduos entre 25 e 44 anos, os quadros médios e superiores e os indivíduos da classe alta.
Entre as regiões é onde se observa menor heterogeneidade de comportamentos, embora os residentes na Grande Lisboa apresentem afinidade positiva com jornais e os residentes no Grande Porto com revistas, refere a Marktest.
revistas

Deixe aqui o seu comentário