Equipa da 4Men assume produção da Playboy em Portugal

Por a 30 de Julho de 2019

capa_junho_2019-01_largeA edição portuguesa da Playboy vai passar a ser produzida pela equipa da 4Men, revista masculina digital lançada no final de 2017 pela MadMen, na sequência da entrada da editora no capital da empresa que detém actualmente os direitos da revista norte-americana no mercado português. A MadMen, que edita também a revista digital de lifestyle NiT, avançou para a aquisição de 25% do capital da Cruz Coelho Media, movimento que dará agora origem à fusão dos dois títulos, ficando a produção de “todos os conteúdos” da Playboy Portugal a cargo da actual equipa da 4Men. Com esta aquisição, além da MadMen, as restantes percentagens do capital da Cruz Coelho Media ficam distribuídas de forma igual por Diogo Vassalo (CCM), por Bernardo Coelho (publisher da Playboy Portugal) e por João Fernandes (Deejay Kamala), que entrou na sociedade no início de 2019. A redacção passa a contar com um total de 10 pessoas, distribuídas por dois escritórios, um em Lisboa e outro no Porto, sendo que Hugo Vinagre, até aqui director da Playboy, deixa de integrar a equipa.  Em esclarecimentos ao M&P, a editora refere que “metade da anterior redacção da Playboy foi integrada na equipa da 4Men, que migra na totalidade para este projecto”, enquanto “os restantes elementos da anterior equipa da Playboy, que foram dispensados de funções, são colaboradores que se encontram com contratos temporários que não serão renovados”.

“Esta aposta realça o excelente trabalho desenvolvido pela equipa da 4Men ao longo do último ano e meio, que agora terá a honra, e também a responsabilidade, de fazer crescer um nome icónico como o da Playboy”, afirma Daniel Vidal, até aqui director do título masculino da MadMen e que assume a direcção editorial do novo projecto da Playboy Portugal.

“A linha editorial da nova Playboy seguirá de perto a que fomos implementando na 4Men e que tanto agradou aos leitores, que esperamos que nos sigam neste novo caminho. Vai ser uma revista para homens modernos, que não olham para as mulheres como se fossem coelhinhas”, antecipa o responsável sobre a nova vida da revista norte-americana no mercado português, onde passará a contar com uma presença digital renovada a partir desta quinta-feira, 1 de Agosto, sendo que a edição em papel que chegará às bancas no próximo mês de Setembro será a primeira com produção assegurada pela actual equipa da 4Men.

Para esse número, a editora detida pelo Grupo WAT promete “mais conteúdos originais, notícias e reportagens sobre a actualidade política em Portugal e lá fora, para além de novos cronistas”, bem como “um novo design e secções renovadas, mais focadas no consumo e lifestyle que realmente importa aos homens modernos”. “Terá uma análise às novas grandes séries do momento, aos melhores planos de treino e truques para ficar em forma, os últimos gadgets e videojogos, mas também dicas de moda”, descreve a editora em comunicado. Além das edições em papel e presença digital, a editora pretende também colocar em marcha a organização de festas sob a marca Playboy Portugal, que serão realizadas em parceria com João Fernandes, mais conhecido como Deejay Kamala, um dos novos sócios da Cruz Coelho Media.

Jaime Martins Alberto, director-geral da MadMen, sublinha a intenção de produzir “uma revista elegante, com boas reportagens, artigos bem escritos e uma visão moderna dos homens e das mulheres”, características de “uma marca super prestigiada nos países em que faz exactamente aquilo que nós pretendemos”. É desta forma que a editora pretende contrariar a imagem actual da Playboy, que Jaime Martins Alberto considera “normal que seja uma imagem negativa” já que é “resultado de dez anos de fracassos editoriais”.

Deixe aqui o seu comentário