Cannes Lions: Grande Prémio de Brand Experience foi para projecto da Microsoft (com vídeos)

Por a 21 de Junho de 2019

microsoft_adaptive_controllerChanging the Game, campanha de activação criada pela McCann New York para o projecto Xbox Adaptive Controller da Microsoft, foi o grande vencedor da categoria de Brand Experience & Activation, a única em que havia um trabalho português entre os finalistas, que acabou por não chegar a leão. “Havia muitos candidatos [nesta categoria] e houve um intenso debate, mas este foi aquele que verdadeiramente proporcionou uma experiência ‘end-to-end’”, justificou Jaime Mandelbaum, chief creative officer da VMLY&R Europe e presidente do júri, explicando que o projecto da Microsoft, mais do que simplesmente mudar o relacionamento que a marca tem com os seus consumidores, acabou por ter um impacto superior na vida das pessoas. Em causa está uma linha de controladores desenvolvida pela empresa norte-americana para facilitar a interacção de crianças com deficiência com a consola de videojogos Xbox.

“Se olharmos para os videojogos, é o único sítio onde uma pessoa pode pilotar um avião ou conduzir um carro numa outra realidade, mas estas crianças estavam afinal a encontrar só mais uma limitação”, enquadra Mandelbaum, considerando que, com este projecto, a Microsoft “nivelou a experiência que eles têm”. A campanha criada pela McCann incluiu, além de um anúncio na última edição do Super Bowl, uma série de vídeos com instruções de utilização no YouTube e a criação de um torneio de e-sports inclusivo, que colocava na mesma competição jogadores com ou sem deficiência.

Além dos vencedores em Brand Experience & Activation, esta quinta-feira à noite foram conhecidos os melhores trabalhos em algumas das principais categorias como Mobile ou Rádio & Áudio. Depois de ter já conquistado o grande prémio em Direct, a campanha Whopper Detour, criada pela FCB New York para o Burger King, esteve novamente em destaque ao vencer o segundo prémio máximo em Mobile. Para este trabalho, a agência reformulou a app da cadeia de restauração para geo-referenciar todas as 14 mil lojas do concorrente McDonald’s no mercado norte-americano. Com isto, sempre que um utilizador da aplicação se aproximava de um restaurante McDonald’s, recebia a oferta de comprar um Whopper por apenas um cêntimo de dólar desde que aceitasse o desafio de entrar no restaurante da concorrência e pedi-lo lá primeiro.

Já em Rádio & Áudio, o grande destaque foi para o projecto Westworld: The Maze. Desenvolvido pela agência do grupo Denstu Aegis 360i New York para promover a estreia da nova temporada da série da HBO, consistiu num universo ficcional criado exclusivamente para os dispositivos de voz Amazon Alexa, através do qual os utilizadores podiam escolher a sua própria experiência num universo paralelo ao da série de ficção científica. Para isso, foi desenvolvido um guião com mais de 11 mil entradas, num total de 60 storylines com 36 actores onde se incluem algumas da personagens mais icónicas de Westworld. De acordo com o case da agência, cada participante passou uma média de 14 minutos a interagir com o jogo criado para o Amazon Alexa.

Esta sexta-feira serão conhecidos os vencedores nas categorias de Filme, Titanium e Glass: The Lion for Change.

Deixe aqui o seu comentário