SJ exige esclarecimentos sobre situação dos jornalistas precários da Lusa

Por a 18 de Março de 2019

LusaO Sindicato dos Jornalistas classifica como “atraso inexplicável” a demora na integração de 25 jornalistas precários nos quadros da Lusa e já exigiu esclarecimentos à Comissão de Avaliação Bipartida (CAB) da Cultura e aos Ministérios da Cultura e do Trabalho. “O Sindicato dos Jornalistas (SJ) está solidário com o protesto dos 25 jornalistas precários da Lusa sobre o atraso inexplicável da sua integração nos quadros da empresa, no âmbito do Programa de Regularização de Vínculos Precários na Administração Pública (PREVPAP)”, refere o organismo sindical em comunicado, onde recorda que “os 25 jornalistas que trabalham para a agência Lusa obtiveram parecer positivo da CAB da Cultura para integração nos quadros da empresa em Novembro de 2018 e, desde então, aguardam a efectivação dessa decisão”.

“Alertado para a situação pela Comissão de Trabalhadores da Lusa e pelos próprios trabalhadores visados, o SJ já exigiu esclarecimentos à Comissão de Avaliação Bipartida (CAB ) da Cultura e aos Ministérios da Cultura e do Trabalho”, informa o SJ no mesmo comunicado.

Deixe aqui o seu comentário