Seis reflexões sobre os Dubai Lynx

Por a 18 de Março de 2019
André Félix (JWT)

André Félix (executive creative director da J. Walter Thompson Lisboa)

1. O trabalho do júri é uma experiência social inspiradora
Como os júris são equipas improvisadas, eles são experiências sociais com uma enorme oportunidade de aprendizagem: a maioria dos juízes – líderes bem-sucedidos em seu campo – estão acostumados a grupos que raramente questionam as suas opiniões. Mas, para ganhar aceitação ou mesmo autoridade dentro de um grupo como o júri do Dubai Lynx, você deve estar no seu melhor comportamento não-autocrático. Quase todos os juízes com quem conversei tiveram uma experiência revigorante ao encontrar e atribuir papéis aos jurados. Que treinamento!

2. A nossa indústria tem significado – Criatividade
Um festival de criatividade é um óptimo lembrete de que nossa indústria tem significado porque é a criatividade que gera oportunidades comerciais. A maioria das indústrias não tem ou precisa de festivais, porque são movidas por forças muito menos estimulantes e mais previsíveis do que a criatividade. Apesar de todas as falhas de nossa indústria, não nos envergonhemos de ter um lugar e tempo para celebrar o seu núcleo: a criatividade humana.

3. Região MENA (Médio Oriente e Norte de África) – Optimismo refrescante
A maioria de nós vindo de países ocidentais para Dubai vive na ansiedade constante de um futuro incerto: não apenas Brexit e Trump, mas a mudança climática, o terrorismo, a desigualdade etc. estão constantemente minando a paz de espírito e instilando um senso de ameaça. Não é de admirar que nossas sociedades se voltem para dentro e para trás, na esperança de encontrar consolo no mundo que estava. Não é assim nos Emirados: sejam quais forem os seus sentimentos sobre o ritmo das mudanças, a sua grandeza de visão e a sustentabilidade de seu estilo de vida, uma coisa é certa: essa é uma sociedade com um apetite insaciável.

4. Prémios internacionais
Sim, premiações são um aspecto caro e complexo do nosso negócio, mas não podemos ficar longe, mas para isso precisamos de ideias competitivas e essas ideias precisam ter contexto para ajudar os indicadores dos nossos clientes. Um outro ponto importante é que muitos clientes querem ideias para testar como piloto com intuito de se apropriarem de uma tendência ou propósito. Eles querem lançar, medir a aceitação para depois ver como cria escala.

5. Esta indústria ainda é excitante
Com a transformação digital e a inevitável ascensão das máquinas, muitos lamentam que os dias de diversão tenham acabado. Mas sinto que a indulgência exuberante de nossa indústria precisava de um corte de cabelo de qualquer maneira. O Dubai Lynx reúne não apenas um grupo incrível de pessoas empolgantes, mas também celebra a força do bem que a publicidade pode fazer especificamente para a região.

6. O julgamento
Ao lado de outros cinco profissionais, julgamos 2400 trabalhos em uma semana com muita intensidade, estratégia e pressão de todos os lados.

Artigo de opinião de André Félix, executive creative director da J. Walter Thompson Lisboa, que integrou o júri de Filme, Print & Publishing, Rádio & Áudio e Direct na edição deste ano dos Dubai Lynx

Deixe aqui o seu comentário