Tiago Craveiro afasta hipótese de candidatura do canal 11 à TDT

Por a 18 de Janeiro de 2019

IMG-20190117-WA0007“O 11 não vai concorrer a nenhuma licença para estar na TDT”. A garantia foi dada esta quinta-feira por Tiago Craveiro, director-geral da Federação Portuguesa de Futebol (FPF), durante a conferência Marketing em Debate organizada pelo M&P. Com o lançamento do projecto televisivo da Federação a acontecer no próximo mês de Maio, numa altura em que se aguarda a abertura de concurso para dois novos canais a integrar a oferta da TDT e em que uma das licenças se destina a um canal de conteúdos desportivos, Tiago Craveiro afastou a hipótese de o canal 11, liderado por Nuno Santos, ser candidato.

“O canal 11 vai estar no cabo enquanto canal de distribuição de conteúdos desportivos, queremos chegar ao maior número de pessoas por isso o canal será incluído no pacote base das operadoras a que todos os clientes já têm acesso”, esclareceu o director-geral da FPF, assegurando que o objectivo de chegar ao maior número de pessoas não será alcançado através da presença na oferta da Televisão Digital Terrestre já que “o 11 não vai concorrer a nenhuma licença”.

Recorde-se que, após a introdução na TDT dos dois canais temáticos da estação pública, RTP3 e RTP Memória, no passado mês de Setembro foram enviados pelo Governo à ERC os regulamentos e cadernos de encargos dos concursos para a atribuição de duas novas licenças aos operadores privados, estando prevista a introdução de um canal de informação e outro de desporto.

A abertura do concurso público para alargar a oferta da TDT a mais dois canais era esperada até ao final do último ano, de acordo com informação avançada pela ministra da Cultura, Graça Fonseca, durante uma audição de apreciação parlamentar sobre a proposta de Orçamento de Estado para 2019. Na altura, a ministra esclareceu que o Governo se encontra no processo de “incorporar no caderno de encargos as sugestões da ERC [Entidade Reguladora para a Comunicação Social] para depois prosseguir e abrir concurso”.

Deixe aqui o seu comentário