José Manuel Cardoso deixa Wavemaker

Por a 9 de Janeiro de 2019

Jose manuel cardosoJosé Manuel Cardoso deixou as funções de CEO da Wavemaker, principal agência de meios do GroupM e segunda no ranking MediaMonitor (no acumulado Janeiro/Novembro 2018). A confirmação foi feita pelo próprio ao M&P, explicando que a sua saída estava a ser preparada há cerca de um ano, tendo sido esta a altura ideal, e acordada, para a levar à prática. “As pessoas devem saber sair e deixar que as empresas continuem. A agência está no topo. Saio com a sensação de que o que fiz valeu a pena”, diz ao M&P.
Ao que o M&P apurou o gestor não será substituído a curto/médio prazo, passando Maria João Oliveira, directora executiva da agência, a reportar a José Pedro Dias Pinheiro, CEO do GroupM. “Costumo dizer que os CEO’s marcam os golos, mas os verdadeiros vencedores são os jogadores de meio campo, aqueles que nos passam a bola. Tinha uma equipa fantástica e a equipa vai manter-se”, prossegue.

José Manuel Cardoso tem 59 anos e estava há 40 na companhia. Começou a trabalhar aos 19 anos na Team, agência que fazia compra de espaço publicitário. A Team acabou por ver comprada pela Young&Rubicam, que por sua vez foi comprada pelo grupo WPP, ao qual pertence a Wavemaker. José Manuel Cardoso, recorde-se, já era CEO da MediaEdge:Cia, que mais tarde viria a chamar-se MEC. No último ano, fruto da fusão da MEC com a Maxus, foi criada a Wavemaker.

Já sem funções executivas, e após uma paragem de “uns meses”, José Manuel Cardoso poderá colaborar com o grupo, havendo margem nessa altura para uma “ligação mais divertida”.

Deixe aqui o seu comentário