Paulo Rego deixa comissão executiva do Global Media Group

Por a 9 de Novembro de 2018
PauloRego-1024x825

Paulo Rego, vice-presidente da comissão executiva do Global Media Group, deixa de integrar este órgão, mantendo-se, no entanto, como administrador não executivo. A alteração ainda não foi comunicada internamente e a administração do grupo não a comenta. No entanto, como foi explicado ao M&P por fonte próxima do processo, foi uma decisão tomada por consenso entre todos os accionistas. Paulo Rego, recorde-se, entrou no grupo em Novembro de 2017, quando a estrutura accionista do GMG foi alvo de alterações, passando a ser composta pelo grupo macaense KNJ, com 30% – representado na CE por por Paulo Rego -, pelo empresário José Pedro Soeiro, também com 30%, por Joaquim Oliveira, com 20%, e pelos bancos Millennium BCP e Novo Banco, cada um com 10%. “A injeção de capital permite que a GMG invista no futuro, implementando um plano estratégico ambicioso, focado em melhor a capacidade jornalística, produção de conteúdo multimédia e globalização. Os mercados de língua portuguesa serão cruciais para a nova estratégia do GMG”, que pretende “impulsionar todas as principais marcas GMG para um processo digital de migração e globalização baseado no conceito de “economia da língua”, explicava na altura, em comunicado, o representante da KNJ.

A comissão executiva passa assim a ser composta por Vítor Ribeiro, que se mantém como CEO, e por Guilherme Pinheiro, que integrou o GMG no início de Outubro, como CFO, substituindo Maria Teresa da Graça, que entretanto já abandonou o grupo. Ainda de acordo com o que foi explicado ao M&P, não está previsto que seja nomeado mais ninguém para este órgão, passando as questões editoriais, e as mais operacionais, a serem coordenadas por Afonso Camões que, recorde-se, passou a em Setembro a director-geral de conteúdos do grupo. Na comissão executiva Paulo Rego era responsável pelos novos negócios e internacionalização. A partir de Abril, após a saída de José Carlos Lourenço, acumulou, de forma informal, também algumas das áreas mais operacionais.

A Plataforma e o projecto V Digital  foram os dois principais projectos liderados por Paulo Rego nestes 12 meses.

Entretanto, e já hoje, os funcionários do grupo foram informados que o subsídio de Natal será pago até ao final da primeira quinzena de Dezembro, quando habitualmente é com o ordenado de Novembro.

 

Deixe aqui o seu comentário