Festival Cannes Lions arranca com quebra de 21% nos trabalhos inscritos

Por a 18 de Junho de 2018

cannes-lionsCom menos dias, menos categorias e também menos trabalhos inscritos, esta segunda-feira marca o arranque de mais uma edição do festival internacional de criatividade Cannes Lions. São no total 32.372 trabalhos a concurso nas 26 competições, inscritos por agências de 90 países, número que representa uma quebra na ordem dos 21% comparativamente aos 41.170 projectos submetidos à avaliação dos jurados na edição do último ano. Num ano em que o festival foi alvo de uma revolução no formato e naquela que será a última edição antes da saída de cena de Terry Savage, a redução de 8.798 inscrições entre 2017 e 2018 é justificada pela organização pela diminuição da presença do grupo Publicis e pela reorganização operada ao nível das categorias e sub-categorias das competições, que levou a um corte de 120 sub-secções apesar de o número de áreas a concurso ter subido de 24 para 26.

“No último ano decidimos carregar no botão de reset no festival Cannes Lions. Eliminámos três grandes prémios (Cyber, Integrated e Promo & Activation) e removemos e combinámos muitas sub-categorias. Fizemos isso sabendo que significaria um volume menor de inscrições mas foi a decisão certa para o longo prazo”, considera Philip Thomas, CEO da Ascential Events, dona do festival, e chairman do Cannes Lions. Segundo a organização, esta reorganização será responsável por uma diminuição de 13% no volume total de inscrições, à qual se somará o impacto de cerca de 8% com a redução da presença do grupo Publicis, limitada a cerca de 400 trabalhos inscritos, de acordo com a holding francesa, por clientes e parceiros, com uma única excepção.

Recorde-se que Pedro Pires (Solid Dogma), Tomás Froes (Partners) e José Franco (Corpcom) foram os profissionais portugueses escolhidos para integrar o júri nas categorias de Brand Experience & Activação, Direct e Relações Públicas, respectivamente. Os três profissionais em representação de Portugal integraram um lote de 135 profissionais que, a partir dos seus países, são responsáveis por escolher os trabalhos que irão integrar as listas de finalistas. Durante a semana do festival de Cannes, que decorre até entre esta segunda-feira e o próximo dia 22 de Junho, um outro grupo de trabalho constituído por 277 profissionais, numa média de 10 jurados por categoria, escolherá os trabalhos que chegam a ouro, prata e bronze.

Deixe aqui o seu comentário