Mediapro cria canal dedicado à saúde com equipa de 30 pessoas em Lisboa e Porto

Por a 30 de Abril de 2018

S+Um canal totalmente dedicado às áreas da saúde, bem-estar, novas terapias e avanços tecnológicos e científicos é a proposta do S+, um novo canal produzido pela Mediapro e disponibilizado em exclusivo pela operadora NOS. “Este canal vem preencher uma lacuna no mercado audiovisual português num tema relevante para todos, a saúde. Estamos particularmente satisfeitos por ser a NOS a dar a conhecer este novo canal pela sua vertente de produção nacional que o aproxima, desde logo, das temáticas relevantes para os portugueses”, sublinha Luís Nascimento, administrador da operadora, num comunicado sobre o novo canal produzido pela Mediapro, que contará com direcção de Jaime Almeida Ribeiro e uma equipa de 30 pessoas distribuída pela sede em Lisboa e por uma delegação no Porto.

Disponível em alta definição na posição 129 da grelha da NOS, o S+ promete que “a produção portuguesa vai ser a base da sua programação”. Da mesma farão parte programas como Saúde em Dia, um magazine diário em directo sobre saúde e bem-estar, ou Histórias Clínicas, “um programa dedicado à explicação clara e objectiva das mais diversas temáticas da saúde e apresentado por cinco médicos diferentes”.

Move It, um magazine diário onde é acompanhada uma aula de um preparador físico, Com Todo o Gosto, dedicado à confecção de pratos para pessoas com determinadas restrições ou intolerâncias alimentares, ou Ajuda Quem Ajuda, um programa que dará visibilidade a instituições de solidariedade e ao trabalho que desenvolvem no terreno, são outros dos formatos que irão compor a grelha de programas do canal, que contará também com documentários e programas internacionais, além de transmissões em directo de congressos, conferências e lançamentos/apresentações de produtos e serviços na área da saúde.

Um comentário

  1. vulkon

    1 de Maio de 2018 at 14:41

    Os canais de saúde nunca foram grande coisa. A última vez que houve um canal de saúde durou pouco tempo e faliu. Não penso que irei ver este canal. Talvez vá lá espreitar uns 5 minutos, mas de resto, é mais um para ignorar. Só mais um canal na enorme panóplia de canais cabo.

Deixe aqui o seu comentário