Nuno Farinha de saída do Record

Por a 22 de Março de 2018

Nuno Farinha
Nuno Farinha deixou esta semana de exercer a função de director-adjunto do Record. O jornalista termina no final do mês o vínculo com a Cofina, grupo proprietário do jornal.
Em declarações ao M&P, Nuno Farinha adiantou que a sua saída do jornal ficou acertada na semana passada. “A decisão de avançarmos para negociações foi decidida há dois meses. Tudo ficou decidido na sexta-feira da semana passada. Na terça-feira o acordo foi assinado”. O jornalista não esclarece, no entanto, qual das partes manifestou a vontade de colocar um ponto final à ligação. Nuno Farinha preferiu também não adiantar qual o seu futuro profissional.
Num texto publicado no Record, o director António Magalhães confirmou a saída do jornalista da direcção do jornal. “Durante os últimos onze anos, integrou a direcção do Record, valorizando o título com a qualidade do seu trabalho. Vivemos juntos bons e maus momentos. Como todos aqueles que exercem cargos de direcção, esteve exposto a ataques, alguns deles cruéis, que podem magoar mas que, ao fim do dia, nos fazem mais fortes”, destacou.

Deixe aqui o seu comentário