Campanha do Ministério da Saúde teve ser ser alterada após queixa das marcas às TVS (cm vídeo)

Por a 9 de Março de 2018

açucar
RTP, SIC e TVI suspenderam a exibição da campanha do Ministério da Saúde contra o excesso de açúcar, três dias depois de ter começado a ir para o ar, após queixa de várias marcas. Segundo avançou o Observador, Unilever, Sumol/Compal e Nestlé consideraram que vários produtos que apareciam no filme eram semelhantes aos das suas marcas Calvé, Sumol e Cheetos.
“O Ministério da Saúde foi informado pelas estações de televisão de que clientes do espaço publicitário se terão manifestado desagradados relativamente ao facto de alguns produtos apresentados nesta campanha poderem, no limite, remeter para gamas e marcas específicas”, explicou fonte oficial do Ministério ao Observador.
A campanha foi criada pela FunnyHow, que segundo o Observador, suportou os custos inerentes à alteração do vídeo . As alterações consistem em desfocar as embalagens ou na mudnçaa a cor de uma lata de refrigerante.
Realizada por André Badalo e produzida pela FunnyHow, a campanha tem como protagonistas Herman José, Joana Solnado e Lourenço Ortigão e está a ser emitida pela RTP, SIC, TVI e Porto Canal.

Deixe aqui o seu comentário