Sindicato dos Jornalistas alerta para situação da Lusa

Por a 12 de Janeiro de 2018

agencia_lusa_ptO Sindicato dos Jornalistas, que esteve hoje reunido com os grupos parlamentares do CDS-PP, PSD e PCP, alertou estes partidos para a “falta de resposta a pedidos de contratações e investimentos” na Agência Lusa.
Segundo um comunicado divulgado pela Lusa, os encontros serviram para alertar os grupos parlamentares para a “necessidade de se resolver rapidamente o impacto causado na gestão diária e no funcionamento global da Agência Lusa pela contínua saída – e sucessivamente adiada substituição – de jornalistas do quadro, bem como de correspondentes das redes nacional e internacional”. De acordo com o Sindicato dos Jornalistas, “a Agência Lusa está refém de uma tutela bicéfala – Cultura e Finanças -, que se traduz em cativações burocráticas e numa persistente falta de resposta a pedidos de contratações e investimentos e resulta, em última instância, no incumprimento do contrato de serviço público”. Outro dos assuntos abordados nas audiências com os partidos foi “a situação das quatro dezenas de trabalhadores precários que sustentam as redes nacional e internacional da Agência Lusa”-
O Governo vai nomear o jornalista Nicolau Santos presidente do conselho de administração da agência Lusa, substituindo Teresa Marques. O Sindicato dos Jornalistas quer ainda reunir-se com o PS, o BE, o PEV e o PAN.

Deixe aqui o seu comentário