Nuno Carvalho: “A imagem choca-nos”

Por a 27 de Dezembro de 2017

nuno carvalhoAs fotos onde se viam bolos-rei em cima da tampa de um caixote do lixo, em frente a uma Padaria Portuguesa, na Graça, em Lisboa, foram o acontecimento viral deste Natal. As críticas sucederam-se mas a marca, perante as críticas que começaram a 25 de Dezembro, esclareceu a situação através de um post publicado no dia seguinte pela manhã no Facebook da empresa.
Numa nota assinada por Nuno Carvalho, director-geral da Padaria Portuguesa, o responsável assegura que a “imagem choca-nos. Vai contra os princípios pelos quais A Padaria Portuguesa se rege, assim como contra as políticas que implementa. Nomeadamente, no que diz respeito às sobras”. “Desde o primeiro dia da primeira loja, tenhamos feito questão de assegurar que os produtos que não são vendidos sejam distribuídos pelos nossos trabalhadores, assim como recolhidos por várias instituições que prestam um serviço inestimável de apoio aos mais carenciados da nossa comunidade, como a Reefood, a Casa do Gaiato, a Casa dos Rapazes, entre muitas outras”, assegura, para depois referir que na véspera deste Natal as sobras foram canalizadas para um pequeno-almoço solidário a pessoas sem abrigo e outras pessoas carenciadas que foi servido por cerca e 100 voluntários na manhã de Natal.
“A situação da Graça foi uma infeliz excepção à nossa política sustentada de partilha das sobras com quem mais precisa e, por esse motivo, está a ser internamente analisada com rigor para percebermos o que falhou e garantir que não volta a suceder. Pedimos desculpa a toda a gente a quem a imagem chocou. Lamentamos profundamente e garantimos que tudo faremos para que não se volte a repetir”, reforçou o mesmo responsável.

Deixe aqui o seu comentário