Audiências TV: Quais foram os canais e programas mais vistos da última semana

Por a 5 de Dezembro de 2017

Clipboard01O consumo televisivo continua a subir, situando-se nas 4h54m, o que representa um aumento no tempo médio de visionamento por indivíduo de mais 8 minutos/dia. Relativamente ao share de audiência, o cabo inverte o comportamento das últimas semanas e regista um crescimento para os 35,5% de share. A TVI apresenta também uma recuperação, com um share de 21,7%. A SIC desce para os 17,4% de quota, tendência que é acompanhada pela RTP1, cujo retorno de audiência foi de 12,1% de quota.

No top dos canais pagos mais vistos, a CMTV reforça a liderança, atingindo uma audiência diária de 51,3 mil indivíduos. Segue-se o Hollywood com 41,9 mil telespectadores/dia. A SIC Notícias, que sobe ao pódio, destrona o canal Disney para o quarto lugar. A meio da tabela encontra-se o Panda que troca de posição com o canal Globo, que por sua vez desce para o sétimo lugar, registando o desempenho de audiência mais fraco do ano. O Cartoon Portugal regressa à tabela dos mais vistos, e ocupa o décimo lugar, com uma audiência de 23,9 mil telespectadores.

Clipboard02Na programação da semana 48, a novela A Herdeira assegura de novo a liderança, com 15,5% de audiência média. O segundo lugar pertence à edição do Jornal das 8 de domingo, que obteve 14,2% de audiência. Apanha Se Puderes ocupa a terceira posição, à frente da novela Paixão. A estreia de Nunca Visto, no serão de sábado, alcançou 11,7% de audiência e fecha a tabela.

Havas_media_groupO programa da CMTV Golos/Sporting x Belenenses, com uma audiência de 185,9 mil indivíduos, foi o evento televisivo mais visto de todos os canais Pay TV, na semana de 27 a 3 de Dezembro. Segue-se, da SIC Mulher, Masterchef, com 145,9 mil telespectadores. Hora do Faro ocupa o terceiro lugar enquanto o lugar seguinte pertence ao Prolongamento (TVI24). A novela Pega Pega, do canal Globo, com 140,3 mil telespectadores, fecha o top desta semana.

Análise Data Insights do Havas Media Group

Deixe aqui o seu comentário