Audiências Novembro: Generalistas reforçam posição

Por a 6 de Dezembro de 2017

share diario de canais_novembro_novo
A análise de audiências de TV da agência de meios Initiative, que integra o grupo IPG Mediabrands, referente ao mês de Novembro de 2017, revela que os canais generalistas conseguiram recuperar share de audiências, ao contrário dos canais Pay TV que voltaram a registar uma quebra no comparativo com o mês anterior.
projetoNos canais generalistas, a TVI reforçou a liderança com contributo da telenovela de horário nobre – A Herdeira – mas beneficiando também da transmissão dos jogos de preparação da Selecção Nacional para o Mundial de 2018. Os amigáveis entre Portugal, Arábia Saudita e os Estados Unidos foram os últimos jogos da equipa portuguesa este ano, transmitidos em simultâneo pelos 3 canais generalistas, com a RTP1 a assegurar a preferência dos telespectadores, que associam de forma espontânea os jogos da Selecção Nacional à estação pública. Com transmissão exclusiva da RTP1, destaque ainda para o jogo da 2.ª mão entre o Besiktas x FC Porto, para a Liga dos Campeões, que ocupou a 13.ª posição no ranking dos programas mais vistos do mês, com uma audiência média de 915 mil telespectadores.
No mês de Novembro, destaque para a renovação da grelha de programas das noites de domingo, com mais uma edição do desafio culinário para os mais jovens, MasterChef Júnior, que entrou directamente para a 7.ª posição, alcançando uma audiência média de cerca de 1 milhão de telespectadores. Já a aposta da SIC conseguiu destacar-se da concorrência na noite de estreia, 19 de Novembro, com o novo programa humorístico D’Improviso apresentado por César Mourão, a alcançar uma audiência média de 1.2 milhões de telespectadores. No acumulado do mês ocupou a 5.ª posição, superando tanto o programa da TVI, como o programa de talento musical da RTP1 – The Voice Portugal.
variação em ppNo balanço final do mês de Novembro, tanto a TVI como a SIC conseguiram reforçar o share de audiências, enquanto a RTP1 manteve os 14% do mês anterior. No universo dos canais Pay TV voltou a registar-se uma quebra mais acentuada, sobretudo pela descida dos canais Globo e SIC Notícias, que desceram 2 posições no comparativo com o mês anterior. Com tendência inversa, CMTV, Hollywood e Fox voltaram a conquistar telespectadores. De evidenciar ainda o canal infantil Disney Channel, que uma vez mais ocupou o top3 dos canais por subscrição mais vistos.
projeto

Fonte: Initiative

Deixe aqui o seu comentário