Eles querem desenvolver projectos de design com o apoio da neurociência

Por a 6 de Novembro de 2017
Francisco Sampaio de Moraes e Tiago Tresca

Francisco Sampaio de Moraes e Tiago Tresca

É uma nova agência de marketing que associa a área da neurociência ao design. A Darefor actua na área de estudos de mercado, assentes em neurociência, “mas contrariamente às empresas de estudo de mercado tradicionais, nós damos continuidade ao estudo numa segunda fase a que chamamos Creation”, conta ao M&P Tiago Tresca, CEO da Darefor. Desta forma, a equipa interna de design dá seguimento ao trabalho com propostas de implementação que são discutidas em sessões de co-criação com o cliente. “Com isto conseguimos validar todos os drives, que podem ser implementados pelas agências que já trabalham com o cliente ou podemos nós assumir a implementação através da nossa rede de parceiros”, prossegue Tiago Tresca.
A equipa da Darefor conta com Tiago Tresca como CEO Francisco Sampaio de Moraes, como CSO e project manager e dois designers que desenvolvem a segunda fase (Creation).
A empresa avançou com um projecto-piloto que consistiu na construção 360º de uma nova marca de restauração, a Natural Crave, que conta com lojas em Santos e nas Amoreiras (Lisboa). O trabalho envolveu o naming, identidade visual, packaging, passando pela optimização dos suportes tecnológicos, decoração e experiência em loja. Algumas peças de comunicação produzidas foram validadas através de eye tracking ou assentes em teorias validadas de neurociência aplicada e psicologia cognitiva. “Neste momento temos diversas leads abertas com grandes empresas que se posicionam na categoria de direct-to-consumer, e a estratégia passa por desenvolver mais dois case studies em Portugal até meio de 2018 para depois avançarmos com a internacionalização dos nossos serviços para mercados maiores”, revela.
A empresa estará presente na Web Summit. “O nosso objectivo passa sempre por agendar reuniões ou com potenciais parceiros comerciais, ou novas leads de projectos, assim como conhecer as inovações tecnológicas tanto das pequenas startups como das grandes empresas”, reforça Tiago Tresca.

Na foto: Francisco Sampaio de Moraes e Tiago Tresca

Deixe aqui o seu comentário