Como o calçado português mudou numa década

Por a 29 de Novembro de 2017

unnamed (5)Na última década, as exportações portuguesas de calçado cresceram mais de 60 por cento, atingindo um novo máximo histórico no final do último ano. Nesse período, o preço médio do calçado exportado aumentou cerca de 30 por cento e Portugal apresenta, hoje, entre os principais produtores mundiais de calçado, o segundo maior preço médio de exportação. O balanço é da APICCAPS (Associação Portuguesa dos Industriais de Calçado, Componentes, Artigos de Pele e Seus Sucedâneos) que vai apresentar a nova campanha para 2018 protagonizada por Alécia Morais, Francisco Henriques, Isilda Moreira, João Lima, Maria Clara, Maria Rosa e Ricardo Gomes.
“Esta campanha visará transmitir um retrato global de Portugal no exterior. Sendo o comércio externo a principal prioridade para a indústria portuguesa de calçado, que exporta mais de 95 por cento da sua produção, para 152 países, nos cinco continentes, o equivalente a 81 milhões de pares de calçado, num valor próximo dos dois mil milhões de euros”, destaca a APICCAPS.
.

Deixe aqui o seu comentário