Belmiro de Azevedo (1938-2017)

Por a 29 de Novembro de 2017

Eng Belmiro de Azevedo 1O empresário Belmiro de Azevedo, durante 50 anos líder da Sonae, empresa que integrou com apenas 26 anos de idade, faleceu esta quarta-feira, dia 29 de Novembro, aos 79 anos. “Os colaboradores da Sonae unem-se à dor da sua família e prestam sentida homenagem ao homem que dedicou a vida a criar um legado histórico ímpar no panorama empresarial em Portugal”, pode ler-se em comunicado emitido pela Sonae, onde a empresa assume “o compromisso de tudo fazer para o perpetuar, empenhados em contribuir para que a Sonae continue a levar os benefícios do progresso e da inovação a um número crescente de pessoas, tal como o Engenheiro Belmiro sempre nos ensinou”.

Belmiro de Azevedo integrou os quadros da Sonae em 1965 quando, aos 26 anos, foi 1965 contratado para assumir a função de director de investigação e desenvolvimento. Em apenas dois anos, torna-se director-geral e administrador delegado da empresa cuja principal marca é a insígnia retalhista Continente, cujo primeiro hipermercado abriu em 1985 em Matosinhos. Para lá das várias áreas de negócio e marcas que se foram desenvolvendo em torno do universo Sonae, com destaque para o lançamento da Optimus em 1998, marca entretanto fundida com a ZON para criar a NOS, Belmiro de Azevedo fica ainda ligado à área dos media através do jornal Público, diário fundado em 1990 e detido pela Sonaecom.

“Belmiro de Azevedo liderou a Sonae durante 50 anos, período em que a transformou num dos mais importantes e respeitados grupos empresariais portugueses”, sublinha a Sonae em comunicado, salientando que “o seu carácter empreendedor único levou-o a criar e expandir negócios, gerir com rigor e criatividade, internacionalizar, investir na abertura do mercado de capitais, ser percursor do relevo da sustentabilidade nas empresas, apostar na formação e a criar um estilo único de liderança que faz da Sonae uma reconhecida escola de gestores em Portugal”.

Deixe aqui o seu comentário