Évora Shopping muda de nome e apresenta os quatro logótipos dos 500 euros

Por a 27 de Setembro de 2017

pjimage (56)A menos de dois meses da sua inauguração, o novo centro comercial de Évora mudou de nome e apresentou as propostas finalistas para a identidade do espaço. O autor da proposta vencedora será premiado com 500 euros em vales a serem gastos naquele espaço comercial.
A Ares Capital, responsável pelo novo centro comercial da capital alentejana que irá abrir portas em 16 de Novembro, decidiu mudar o nome do empreendimento imobiliário de Évora Shopping para Évora Fórum. “A alteração da denominação do centro é parte integrante da estratégia de rebranding da empresa, em construir uma marca que reflecte não só um centro comercial, mas também uma marca que quer participar activamente na valorização cultural e social do Alentejo”, explicaram os responsáveis pela empresa esta quarta-feira. Este foi também o dia de serem reveladas as quatro propostas para a imagem do Évora Fórum. Na página de Facebook Amigos do Évora Fórum é pedido aos seguidores que votem no preferido até esta quinta-feira, pelas 12h. A identidade do Évora Fórum será depois escolhido de entre os três mais votados.
A propósito da remuneração proposta, contestada por vários profissionais do sector, os responsáveis pelo Évora Fórum consideraram que os 500 euros, em compras para gastar no centro comercial, estão na “média de preços” praticados por ateliers e freelancers para a produção de um logótipo. Segundo explicou ao M&P no início do mês  Tiago de Oliveira, director de marketing da Ares Capital, “para definir o valor do prémio a entregar ao vencedor, foram consultados ateliers de design gráfico, bem como designers em regime de freelance. O prémio do vencedor, oferecido pela Ares Capital, está na média dos preços que foram consultados para a criação de um logótipo”.
O centro comercial será inaugurado a 16 de Novembro, com a presença de marcas como FNAC, Perfumes & Companhia, Tiffosi, Multiópticas, Springfield, Women’Secret, Chimarrão, McDonald’s, para além de um Jumbo e de cinemas NOS.

Deixe aqui o seu comentário