Disney vai remover todos os conteúdos do Netflix até 2019

Por a 10 de Agosto de 2017

Disney On DemandNo próximo ano de 2019 deverá nascer a plataforma de streaming própria da Disney, que se prepara para remover do Netflix todo o seu catálogo de conteúdos a partir desse ano. O cancelamento do contrato com o serviço de streaming Netflix coincide com o anúncio feito pela Disney de que chegou a um acordo para concretizar a aquisição da maioria da BAMTech, empresa actualmente responsável pela plataforma de streaming da estação desportiva ESPN. O objectivo passará por lançar a sua própria plataforma, com os conteúdos produzidos pela várias marcas onde, além da própria Disney, se incluem os catálogos da Pixar, Lucasfilm e Marvel, sendo esta última uma das parcerias mais importantes do Netflix, que tem resultado em produções originais como Daredevil, Punisher, Jessica Jones, Luke Cage ou Iron Fist. No entando, de acordo com a empresa, estes títulos, que resultam de produções próprias do Netflix, vão permanecer disponíveis na plataforma mesmo após 2019. No início desta semana o Netflix tinha anunciado a sua primeira aquisição, a empresa Millarworld, do autor de banda desenhada Mark Millar, que tem direitos de propriedade intelectual sobre algumas das personagens icónicas da Marvel.

A decisão da Disney foi conhecida durante a apresentação dos seus resultados trimestrais, com Bob Iger, CEO da empresa, a explicar que a Disney pretende agora “estabelecer um relacionamento directo entre consumidor e produtor”, o que significa eliminar da equação distribuidores como o Netflix. Na sequência do anúncio, as acções da Disney subiram 4% enquanto as do Netflix caíram 3%. Um porta-voz do Netflix reagiu entretanto garantindo que os acordos com a Disney “fora dos EUA permanecerão exactamente como são” e que a decisão “não terá impacto sobre filmes negociados em acordos separados nos mercados internacionais”.

Para 2019 estará na mira então um novo serviço de streaming da Disney, que deverá começar primeiro exclusivamente no mercado norte-americano e dará acesso, entre outros conteúdos, aos canais Disney Channel, Disney Junior e Disney XD. Recorde-se que, em Portugal, passou a ser disponibilizado, no início do passado mês de Junho, em exclusivo pelo Meo, o Disney on Demand, um serviço de subscrição mensal que disponibiliza mais de 60 filmes e séries com a chancela Disney. O serviço, cuja adesão pode ser feita através no botão vermelho do comando nos canais Disney, terá um custo mensal de 5,50 euros, dando acesso a “novos filmes todas as semanas, dos clássicos de sempre aos êxitos mais recentes”, prometendo mais de 60 filmes com a chancela dos estúdios Disney e Pixar.

Deixe aqui o seu comentário