Dono da Taylor’s investe 100 milhões de euros em projecto de homenagem à indústria do Vinho do Porto

Por a 14 de Julho de 2017

world-of-wineO grupo dono da marca Taylor’s, o Fladgate Partnership Group, vai investir 100 milhões de euros, para construir o complexo World of Wine, que celebrará a história do Vinho do Porto. O projecto assinado pelo atelier de arquitectura Broadway Malyan transformará os antigos armazéns da Fladgate no centro histórico de Gaia numa “atracção turística mundial”, cujas estimativas de visitas  são superiores a “um milhão por ano”.

“Estão previstos cinco núcleos para experiências distintas, nomeadamente o Wine Experience, o Cork Experience, o Porto Through the Ages, o Fashion & Design Museum e o History of Drinking Vessels. As valências do World of Wine incluem ainda uma escola dedicada ao vinho, 12 espaços para restauração, lojas, um espaço expositivo, uma nova praça pública e estacionamento para 150 viaturas”, explica o atelier de arquitectura.

É um projecto complexo devido à herança histórica e à morfologia da área de intervenção, considera Margarida Caldeira, que dirige o estúdio de Lisboa da Broadway Malyan. “Vila Nova de Gaia é sinónimo da indústria do Vinho do Porto e tem centenas de armazéns, desde unidades com 200 anos até algumas mais recentes já do século XX, que foram praticamente construídas umas sobre as outras numa encosta junto ao rio e ligadas entre si por ruas estreitas”.

Desta forma, os desafios desta localização “fizeram com que muita da actividade industrial saísse da zona, deixando muitos destes armazéns vazios. A Fladgate continua activa nesta actividade e com este conceito ambicioso pretende celebrar a história da indústria ao mesmo tempo que criará uma âncora turística que beneficiará toda a cidade, atraindo novos visitantes e estimulando mais investimento”.

O projecto prevê a recuperação de alguns armazéns históricos, situados em torno de uma nova praça pública, que será o ponto central do conjunto e foi desenhada para permitir vistas ímpares sobre o rio e a cidade. Os trabalhos deverão começar em início de 2018 e o projecto deverá abrir portas em 2020.

Fonte: Hipersuper

Deixe aqui o seu comentário