Premios Design

Fox liderou em Dezembro e teve a série com maior audiência do ano mas o canal de séries mais visto em 2016 foi o AXN

Por a 9 de Janeiro de 2017

Clipboard01A análise da UM, agência de meios IPG Mediabrands, sobre os canais de séries do Pay TV releva que em Dezembro a Fox conseguiu superar o principal concorrente, AXN, terminando o ano com a audiência média mais elevada do evolutivo mensal. Ainda assim, e no acumulado do ano 2016, o AXN conseguiu manter a primeira posição do top dos canais de séries mais vistos pelos portugueses, com uma audiência média superior à Fox, mas com igual performance em termos de share.

Clipboard02No mês de Dezembro foram várias as estreias nos canais desta temática, com novas séries e novas temporadas, em que se destacaram sobretudo as séries do universo dos canais Fox. A nova série da Fox, MacGyver, entrou directamente para o top das séries mais vistas no acumulado do mês e alcançou a segunda posição no acumulado do ano, apenas atrás da série The X-Files: Ficheiros Secretos, também da Fox. O episódio de estreia de MacGyver foi transmitido no dia 6 de Dezembro e alcançou uma audiência média de 138 mil telespectadores, tendo sido a série mais vista também no total dia. No dia anterior, o AXN estreou a série Notorious, cujo primeiro episódio registou uma audiência média de 84 mil telespectadores. No total dia ficou na segunda posição, atrás de Arma Mortífera, emitida também pelo AXN, que ocupa a liderança das mais vistas no acumulado do mês neste canal.

UM_CWNo universo dos canais Fox, a referir ainda as estreias das novas séries Private Eyes e Rainha do Sul, ambas transmitidas nas noites de quinta-feira pela FoxLife. O primeiro episódio da série de investigação criminal Private Eyes passou no dia 15 de Dezembro e foi visto por uma audiência média de 36 mil telespectadores, ocupando a quarta posição no total dia, das séries mais vistas em Pay TV. Já o episódio de estreia de Rainha do Sul, na semana seguinte, conseguiu alcançar o terceiro lugar com uma audiência média de 47 mil telespectadores.

Análise UM, agência de meios IPG Mediabrands

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *