“Quando não tiveres nenhuma ideia, o melhor é ires dormir”

Por a 29 de Fevereiro de 2016

 

Diogo Anahory e José Bomtempo, medalha de ouro em 1998

Diogo Anahory e José Bomtempo, medalha de ouro em 1998

Foi esta a grande lição que tirámos da nossa participação nos Young Lions.O briefing tinha sido passado à hora do almoço. Eram 9h da noite e não tínhamos uma ideia decente. Tudo o que tínhamos eram cólicas e suores frios.

Ao nosso lado, as duplas dos outros países já faziam maquetes.

Havia bolachas e escovas de dentes nas mesas do Brasil, dos Estados Unidos e da Argentina, o que indiciava que iriam passar a noite por lá.

Foi então que decimos ir para a caminha. No dia seguinte estaríamos lá bem cedo, com a cabeça fresca.

De manhã tivemos uma ideia. Era apenas “boazinha”. Continuámos a pensar, até ao lavar dos cestos é vindima.

A nossa ideia surgiu a 2 horas do prazo. A espera pelo resultado final parecia interminável.

AB_revista27012016_compO momento em que alguém da organização nos diz que estão à nossa espera na conferência de imprensa ficou-nos gravado para sempre.

A vitória nos Young Lions marcou um viragem nas nossas carreiras. Existe um AYL (antes dos Young Lions) e um DYL (depois dos Young Lions).

Para ti também pode ser assim. Só tens que ter uma grande ideia. Se ela não aparecer hoje, já sabes: está na hora de ir dormir.

Artigo de Diogo Anahory e José Bomtempo, medalhados com ouro em 1998 nos Young Lions, em Cannes. Para participar nos Young Lions, os candidatos devem até 7 de Março, enviar os seus portfólios e CV através do younglionsportugal.mop.pt

Deixe aqui o seu comentário