Bens de grande consumo ainda em quebra no primeiro trimestre e promoções intensificam-se

Por a 16 de Abril de 2015

carrinho de comprasA compra de bens de grande consumo (FMCG) pelos lares portugueses continua a não ver retoma, com o volume comprado pelas famílias a cair 2,1% neste primeiro trimestre de 2015. O valor, que reflecte uma redução praticamente constante ao longo dos últimos quatro anos, é apresentado pela Kantar, que justifica esta redução, entre outros motivos, com a redução das visitas às lojas. A frequência de compra caiu 2,3%, nestes primeiros três meses do ano, sem que exista alguma compensação por via do volume em cada acto de compra, que cai também 0,8%.

Segundo a Kantar, “uma das características mais relevantes do mercado FMCG dos últimos anos em Portugal tem sido a forte pressão promocional. Considerando apenas as promoções constantes em Folhetos, verificamos que o ano 2015 iniciou de forma similar a 2014 no que se refere à actividade promocional”. Durante as primeiras 8 semanas de este ano o número de cestas que contêm, no mínimo, um artigo em promoção aumentou até 55%, o valor mais elevado dos últimos 15 períodos. Adicionalmente o desconto médio, atinge agora, neste início de ano, novo valor record, com -31,4.

Deixe aqui o seu comentário