“Sete dias com os media” quer formar cidadãos em tempos de crise

Por a 3 de Maio de 2013

Manuel Pinto (UM)

A iniciativa “Sete dias com os media” começa esta sexta-feira, dia mundial da Liberdade de Imprensa, com o objectivo de sensibilizar para a leitura crítica da comunicação social, em particular durante a crise, disse à Lusa um dos organizadores. Na sequência de “Um dia com os media” no ano passado, o Grupo Informal sobre Literacia para os Media (composto pela Comissão Nacional da UNESCO, Conselho Nacional de Educação, Entidade Reguladora para a Comunicação Social, Gabinete para os Meios de Comunicação Social e Centro de Estudos de Comunicação e Sociedade da Universidade do Minho) lança, entre hoje e a próxima quinta-feira, uma “operação de sensibilização dos cidadãos para o papel e lugar que os media ocupam no seu dia-a-dia”, explica a página do evento.

O professor da Universidade do Minho Manuel Pinto, que tem vindo a trabalhar o tema da literacia mediática há décadas, explicou à Lusa que “há um caminho a fazer, do ponto de vista da formação do gosto, da aquisição de instrumentos para ler mais criticamente o que se passa” e para se estar “de forma mais esclarecida perante a crise”. Desde actividades como a da Escola Dr. Mário Sacramento, em Aveiro, que vai promover uma “análise crítica da publicidade” à criação de um programa de rádio com crianças em idade pré-escolar a cargo dos alunos da Escola Superior de Educação de Portalegre, os sete dias são, segundo Manuel Pinto, “uma oportunidade para, das formas mais inventivas possível, se interrogarem, para fazerem daquilo que é óbvio motivo de surpresa e de interrogação”.

“Se pudéssemos contar com uma comunicação social melhor, que não alinhasse tanto nas lógicas e nos discursos sobre a crise, nas interpretações sobre a crise que nos vendem a cada dia e que parecem tornar inevitável aquilo que é, pelo menos, discutível”, sugeriu o antigo provedor do leitor do Jornal de Notícias.

Na página do projecto, os organizadores realçam que “continua a constatar-se a existência de um défice de literacia e de cidadania na sociedade portuguesa, no que aos media diz respeito”. Os “Sete dias com os media” antecedem o segundo congresso Literacia, Media e Cidadania, a acontecer no Pavilhão do Conhecimento, em Lisboa, a 10 e 11 de Maio. (Lusa)

Deixe aqui o seu comentário