Prejuízo da Media Capital melhora 11%

Por a 7 de Maio de 2013

O prejuízo da Media Capital, dona da TVI, melhorou 11% no primeiro trimestre, face a igual período de 2012, para 849 mil euros, “em virtude da redução dos encargos financeiros líquidos”, anunciou o grupo de comunicação social.

Os proveitos operacionais recuaram 2% para 39,2 milhões de euros, “não obstante o impacto negativo da envolvente económica no mercado de publicidade, que se estima ter recuado 12%”, adianta a Media Capital em comunicado enviado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM).

Esta quebra não foi maior porque beneficiou “da aposta do grupo no desenvolvimento de fontes de receita complementares à publicidade”.

Os proveitos no segmento da televisão subiram 6% para 31,1 milhões de euros, enquanto as de produção audiovisual recuaram 34% para 10,1 milhões de euros.

As receitas de rádio aumentaram 7% (3,1 milhões de euros).

“A TVI continua a apostar nos melhores conteúdos, tendo lançado o canal +TVI em janeiro”, adianta a empresa, que aponta dados da Marktest/Kantar Media sobre a liderança de audiências da estação de Queluz.

“Na vertente financeira, o segmento de televisão obteve um EBITDA [resultado antes de juros, impostos, amortizações e depreciações] de 3,5 milhões de euros, representando uma subida de 46%c comparativamente ao primeiro trimestre de 2012, mercê de um bom desempenho dos proveitos e de uma evolução controlada dos gastos”.

O grupo adianta que devido a um atraso no calendário de produções, que a empresa espera recuperar ao longo dos próximos trimestres, o segmento de produção audiovisual registou um EBITDA negativo de 1,2 milhões de euros, enquanto o relativo à rádio atingiu os 427 mil euros.

O EBITDA do grupo caiu 26% para 3,1 milhões de euros. (Lusa)

 

 

Deixe aqui o seu comentário