Boicote ao Pingo Doce chega ao Parlamento

Por a 4 de Janeiro de 2012

Os apelos ao boicote à marca Pingo Doce, que já circulavam nas redes sociais em grupos como “Salário Mínimo holandês para os trabalhadores do Pingo Doce já” ou “Boicote ao Pingo Doce”, foram esta quarta-feira tema de discussão na Assembleia da República. Além das críticas provenientes dos partidos de esquerda, João Almeida, vice-presidente da bancada do CDS, considerou que os consumidores podem tirar consequências da deslocalização dos 56 por cento que a família Soares dos Santos tem na Jerónimo Martins, adaptando “o seu comportamento”. “Se é legítimo a um empresário fazer essa opção – ainda que possa ser criticável – também os consumidores podem retirar consequências dessa opção e adaptar o seu comportamento. Qualquer consumidor, perante esta opção do empresário, pode adaptar o seu perfil de consumo”, declarou o deputado centrista, citado pelo jornal Público.

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *