Agência para as Indústrias Criativas de Lisboa chega antes do Verão

Por a 14 de Maio de 2009

Luís Serpa, galerista e consultor cultural, é o coordenador do grupo de reflexão ligado à Agência para as Indústrias Criativas que foi apresentado na Culturgest na passada terça-feira. O grupo que se reuniu entre 7 e 9 deste mês concluiu que existem óptimos espaços vazios em Lisboa e que é preciso criar estímulos para que sejam ocupados com projectos mais ou menos temporários ligados às indústrias criativas, segundo referiu o jornal Público. Este assunto será discutido na Culturgest em mesas redondas nos dias 21 e 22 de Maio e em conferências a 28 e 29 do mesmo mês. Nestes encontros estarão agentes culturais, programadores, arquitectos, urbanistas e economistas.

Deixe aqui o seu comentário