Editora de Bastidores prepara dois novos títulos

Por a 28 de Julho de 2008

Luxury & Glamour e Ibérica Coast Magazine são os dois novos títulos que a editora da revista Bastidores está a preparar, adiantou ao M&P Paula Martin, proprietária da editora. Com arranque previsto para Setembro, a L&G é uma publicação mensal dirigido a um target feminino a partir dos 40 anos. O título, explica Paula Martin que acumula temporariamente com a direcção da Bastidores, irá ter produção de moda própria, sugestões de investimento, viagens, espaço para cultura, rubricas de saúde e sexualidade, entre outros tema, descreve. A revista, explica, terá todos os meses uma figura de capa que irá contribuir para a selecção dos temas desse mês. Com 116 páginas, uma tiragem de 40 mil exemplares, preço de capa de 3,50 euros, com impressão na F3, a revista terá a direcção comercial de Paulo Ribeiro. A responsável da editora mostra-se confiante com o sucesso em banca do título, dada a ausência de títulos dirigido a especificamente a este target etário, para mais um público-alvo que está em crescimento, mas não avança objectivos numéricos.Para Outubro está previsto o lançamento da Ibérica Coast Magazine, título bilíngue (português e inglês) que pretende revelar o “melhor de Portugal”. A periodicidade será trimestral, podendo evoluir para bimestral, diz Paula Martin, estando prevista a distribuição em Portugal e Reino Unido.

A Bastidores, por seu turno, está a preparar um site cujo lançamento está planeado para Setembro e que deverá ter uma actualização quinzenal. “Estamos a estudar as propostas de quatro empresas”, diz Paula Martins, escusando-se a revelar nomes e montante de investimento neste projecto. A aposta da editora nestes novos projectos, adianta a responsável, vai implicar o reforço da redacção de 9 elementos para um máximo de “10 a 12 pessoas a tempo inteiro”. Um reforço do portfólio só possível, assegura Paula Martin, pela entrada de um novo sócio no capital social da editora detida até aqui exclusivamente por Paula Martin. O novo sócio, a editora inglesa Coast Press (do grupo de media regional Archant), comprou 75% do capital da editora, sendo os restantes 25% detidos por Paula Martin. No âmbito do acordo, a actual directora-geral mantém-se como directora-executiva durante três anos.

Deixe aqui o seu comentário