Torke 2.0 criada para activar marcas nas redes sociais

Por a 18 de Abril de 2008

torke_logo3.jpgA Torke Stunt está a criar uma nova unidade de negócio que vai apostar na activação de marca nas redes sociais e na blogosfera, a Torke 2.0. A agência de marketing de guerrilha já vinha a trabalhar projectos nesta área, mas decidiu criar agora um departamento específico. Em declarações ao M&P, André Rabanea, director da Torke, explicou que “começaram a chegar cada vez mais briefings à agência para que fossem desenvolvidos projectos desta natureza”, pelo que “se chegou à conclusão que fazia sentido avançar com o projecto”. A equipa será, por agora, constituída por três elementos, sendo que está agendada a contratação de um inglês e de um turco, cujos nomes não podem ser ainda revelados. Ricardo Caeiro fica no comando das operações, pois tem sido até aqui o responsável pela gestão de projectos web 2.0 da empresa de comunicação. Ainda assim, André Rabanea vai estar a acompanhá-lo na angariação de clientes. A Torke 2.0, diz o criativo, ficará assim focada na produção de peças de marketing viral, na concepção de blogues interactivos, onde vão ser convidados bloguers para comentarem o lançamento de um determinado produto, na activação de acções específicas nas mais variadas redes sociais, o que também passa por convidar os consumidores para criarem conteúdos para as marcas, assim como na análise de tendências através da recolha de informação existente na blogosfera. “A Torke 2.0 vai servir para fazer com que a comunicação vertical se torne horizontal. É uma comunicação muito mais moderna e que muitos clientes em Portugal já estão interessados em fazer”, afirma.
A nova unidade já tem em vista “cinco grandes clientes”, estando prevista uma facturação de 250 mil euros no primeiro ano de actividade.

Deixe aqui o seu comentário