Acabar com os azares

Por a 13 de Julho de 2001

A partir de hoje, gestão de crise rima com Multicom. A agência de comunicação acaba de alargar o ser serviço a empresas não clientes

Aproveitando a sexta-feira 13, dia habitualmente conotado com azar e mau presságio, a Multicom disponibiliza hoje um serviço anti-crise formatado e customizável. Disponibilizado para os clientes da agência de comunicação desde a criação desta, o serviço passa a partir de hoje a estar disponível a outras empresas. Uma das razões que levou a Multicom a alargar a oferta do serviço anti-crise é a longa experiência dos dois directores da agência — Ricardo Belo de Morais e Isabel Fragoso – que, durante os cerca de dois anos e meio de existência da Multicom, estudaram e analisaram dezenas de case studies nacionais e internacionais, o que lhes permitiu desenvolver um modelo de prevenção, gestão e controlo de crise. Por outro lado, a maior consciencialização por parte das empresas para estas questões contribuiu de igual modo para o lançamento deste serviço.

Desmistificando o assunto, Isabel Fragoso compara uma situação de crise com ter filhos: «Este é um bom exemplo de princípio de reflexão — sabemos que há vantagens em dar-lhes liberdade para os ver crescer da forma mais saudável, mas estamos sempre em desassossego com o que lhes possa acontecer», refere a responsável, acrescentando que «o segredo para não enlouquecer é, por um lado, estar preparada para enfrentar todos os problemas e acidentes que possam surgir e, por outro, saber exactamente como reagir e até proagir quando o azar fura a segurança da nossa prevenção.»

Basicamente, o serviço oferece soluções de prevenção e, quando contactada depois do “azar”, a Multicom define a resposta correcta para situações específicas: uma derrocada num hipermercado, um incêndio numa fábrica ou a contaminação de um produto alimentar. «Chegámos finalmente a um modelo que não nos oferece dúvidas de segurança. Estamos preparados para o comercializar e implementar junto das empresas e marcas que queiram estar prevenidas sem catastrofismos», salienta Ricardo Belo de Morais. O profissional salienta que, «quando já nada há a fazer em termos de prevenção, o nível prejudicial é tanto maior quanto menos preparada a empresa está para enfrentar o problema». Deste modo, o desenvolvimento de modelos de prevenção adquire uma importância vital para as empresas.

Para divulgar o serviço a Multicom vai enviar hoje mesmo um mail para várias empresas onde dá a conhecer as soluções lançadas. Para Ricardo Belo de Morais, o objectivo desta acção «é sensibilizar as empresas para o facto de que a prevenção tem vantagens tanto ao nível da marca como do investimento.»

E que melhor dia para lançar este produto do que numa sexta-feira, 13? Não vá o Diabo tecê-las…

Deixe aqui o seu comentário