O marketeer dos lacticínios

Por a 7 de Abril de 2000

João Santos, 34 anos, é o novo director de marketing da Lactogal. Uma área que conhece bem, apesar de sempre ter trabalhado produtos diferentes. Formado pelo ISCTE, onde em 1990 terminou o curso de Organização e Gestão de Empresas, com especialização em Marketing, começou a aplicar o que conhecia da teoria. Através de uma empresa de recrutamento, rapidamente iniciou o seu percurso profissional na Renova, como responsável por uma área então nova na empresa, o trade marketing. «Começar uma área nova numa empresa é sempre aliciante e arriscado. Foi um grande desafio, muito trabalhoso e muito desgastante pela pressão», explica João Santos. Esteve na Renova dois anos. Em 1992, envia um currículo para a Bosch e é chamado. Entrou como gestor de marca da Blaukpunt. Mas a sua carreira nesta empresa não ficaria por aqui. De gestor de produto passa a coordenador da área de marketing do sector de electrodomésticos. Entretanto, a empresa é alvo de uma reestruturação interna, de que resulta um megadepartamento para os electrodomésticos, que incluía o marketing e as vendas. Em 1994, João Santos assume a direcção do departamento de electrodomésticos da Bosch. Dois anos depois, e já por convite, ingressa na Dyrup. «Na ocasião, a empresa pretendia fazer um update e uma modernização da sua imagem». Assume o cargo de director de marketing e vendas, funções que ocupa até Janeiro de 2000, quando ingressa como director de marketing na Lactogal. «Inverti a tendência, fiz uma migração Sul-Norte», comenta João Santos, pelo facto de passar a residir no Porto. «A variedade de marcas e produtos que trabalhei ajudou na flexibilidade de raciocínios. Vejo nesta multiplicidade uma vantagem.» E considera a Lactogal «o sonho na vida de qualquer marketeer, uma empresa multimarcas…». A sua integração na empresa foi «fácil, graças á equipa que tenho. Desde que entrei, a minha primeira prioridade foi conseguir atingir o ritmo da empresa ao nível do seu passado». João Santos foi também professor. Leccionou durante quatro anos no IPAM, em Lisboa, na licenciatura em Marketing e nos programas direccionados para a formação de quadros e pós-graduações (em Portugal e no Brasil). «Agora estou de férias sabáticas no ensino.» Mas como considera leccionar o seu principal hobby, em princípio retomará essas funções em Outubro. Esta paragem tem também outro motivo: «De há nove meses a esta parte, a minha função em full time é ser pai.» Que o foi, pela primeira vez, de uma menina que dá pelo nome de Inês.

Deixe aqui o seu comentário